Lula faz primeira viagem para entrega de obras

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fará sua primeira missão para entregar a obra nesta segunda-feira (06).

Lula participará da inauguração do Super Centro Carioca de Saúde oftalmológica e diagnóstica em Benfica, no Rio de Janeiro.

A viagem dá início a uma série de visitas de estado que o presidente espera fazer para iniciar ou reiniciar trabalhos e programas. “Na próxima segunda-feira, o presidente Lula inaugurará uma secretaria de saúde no Rio de Janeiro, onde anunciará programas de recuperação e investimentos em saúde, incluindo planos para reduzir filas cirúrgicas”, disse Rui Costa nas redes sociais.

Ainda no evento no Rio de Janeiro, Lula, acompanhado do prefeito Eduardo Paes (PSD), participará do lançamento de uma política nacional para redução de filas para cirurgias eletivas. A Ministra da Saúde, Nísia Trindade, também estará presente.

“Estamos a transferir 600 milhões de reais para os Estados Unidos para acelerar as operações que ficaram paradas durante a pandemia”, declarou Rui Costa.

A viagem ao Brasil

Em janeiro, Lula visitou cidades como Araraquara (SP) e Boa Vista, mas em caráter emergencial. Os estragos causados ​​pelas fortes chuvas na cidade de São Paulo e a crise de saúde dos índios Yanomami na capital Roraima.

Lula também visitará Bahia e Sergipe. Após o Carnaval, o presidente deve visitar outros estados brasileiros. Entre os investimentos anunciados durante a viagem está a retomada do programa Água para Todos, que vai introduzir medidas preventivas e de combate à seca, como a construção de cisternas, em áreas com pouca chuva, principalmente na zona rural.

Em San Amaro, na Bahia, Lula deveria reiniciar o programa habitacional Minha Casa Minha Vida no dia 14 de fevereiro, segundo Rui Costa (PT.). No dia seguinte, ainda de acordo com Rui Costa, Lula estará em Sergipe para fiscalizar as obras de restauração de estradas no nordeste do estado.

Antes de visitar os dois estados do Nordeste, Lula passará pelos Estados Unidos, onde se encontrará com o presidente do país, Joe Biden.

O Governo Federal está trabalhando arduamente para mapear os trabalhos, ações e programas que todos os 37 Ministérios de Esplanada podem entregar nos primeiros 100 dias de governo. Rui Costa iniciou uma série de visitas a todos os sectores para inteirar-se do ministro das prioridades de cada órgão. Costa explicou que a Câmara Cível vai fiscalizar as ações em andamento dos diversos ministérios. Segundo Costa, Lula queria “acelerar o ritmo das entregas e das ações do governo”.

Lula planeja maratona de inaugurações até abril

A agenda de viagens é definida pelo ministro da Casa Civil e tem como objetivo incluir candidatos do PT no início de obras em pelo menos um estado das cinco regiões do país. O primeiro destino deve ser o Nordeste, onde o presidente vai inaugurar o complexo residencial do programa federal “Minha Casa, Minha Vida” na Bahia.

Segundo o plano do Palácio do Planalto, Lula deveria viajar para o sudeste, norte, sul e, finalmente, o Centro-Oeste. Em reunião com governadores no final de janeiro, Lula pediu a cada estado que apresentasse três projetos prioritários para o governo federal ajudar a financiar.

Segundo o TCU (Tribunal de Contas da União), 38,5% das obras públicas do país estão paralisadas, o equivalente a um montante de 27,2 bilhões de reais.

O governo do PT pretende contrastar com os quatro anos de Jair Bolsonaro no poder, fazendo discursos para reanimar a economia do Brasil nos primeiros 100 dias do novo governo.

ultimas noticias