Salário mínimo pode aumentar para R$ 1.320 em maio

Na segunda-feira (6), o secretário do Trabalho, Luiz Marinho, revelou estar empenhado em encontrar uma forma de conseguir esse aumento do salário mínimo. Nesse sentido, Mariño reiterou que o governo estuda como viabilizar o salário mínimo de 1.320 reais em maio, mas que é cedo para garantir um realinhamento. O ministro fez a declaração ao se juntar a outros 11 ministros nesta segunda-feira na posse de Aloizio Mercadante como presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.A possibilidade de reajustes adicionais do salário mínimo voltou aos planos do Tesouro neste ano. A mudança possibilitará a elevação do preço base nacional de R$ 1.302 para R$ 1.320 a partir de 1º de maio, data simbólica por ser comemorado o Dia do Trabalho.

Por sua vez, na última sexta-feira (3), o Ministério da Fazenda também admitiu que ajustes adicionais são possíveis e que já estão fazendo os cálculos para viabilizar esse procedimento. Mesmo assim, o custo estimado da medida chegaria a 5 bilhões de reais por ano.

Reajuste do salário mínimo

Ao contrário do secretário do Trabalho, o Tesouro reconheceu na sexta-feira (3) que ajustes adicionais são possíveis. Segundo o ministério, equipes econômicas já estão trabalhando nos cálculos para viabilizar o procedimento. Mesmo assim, o custo estimado da medida chegaria a 5 bilhões de reais por ano.

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse que o piso de R$ 1.302 estabelecido pelo governo de Jair Bolsonaro (PL) representa um crescimento acima da inflação e significa que o governo cumprirá seus compromissos com o País. A promessa de benefícios reais para os trabalhadores. Salário sobe para R$ 1.320 em maio.

Em dezembro, o ex-presidente Jair Bolsonaro editou uma Medida Provisória (MP) para reajustar assim o salário mínimo com base na previsão de inflação do Ministério da Economia. Aumentar o valor de R$ 1.212 para R$ 1.302.

No entanto, a Assembleia Nacional aprovou um orçamento de 2023 que elevou o salário mínimo nacional para R$ 1.320, acima da inflação, impulsionando ganhos reais para os trabalhadores. Esse crescimento foi possibilitado pela aprovação da PEC de Transição, que, entre outros recursos, destinou recursos ao Bolsa Família.

A partir de agora, o salário mínimo permanece em R$ 1.302. Para que o valor de R$ 1.320 entre em vigor, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) deve editar uma nova medida provisória.

ultimas noticias