Auxílio Gás deve ser de R$ 110 em fevereiro

Entre agosto de 2022 e janeiro de 2023, o consumidor nacional pagará um preço médio de R$ 110,23 pelo botijão de gás (13 kg) – preço que servirá de base para o plano Auxílio Gás dos Brasileiros divulgado pelo governo federal em fevereiro . Porém, o vale-gás pode ser arredondado para cima ou até para baixo: 110 reais. Os depósitos começam na próxima segunda-feira (13) com o Bolsa Família. De acordo com o Número de Identificação Social (NIS), o calendário é antecipado neste mês devido ao carnaval e segue até o dia 28. O levantamento do preço médio do botijão de gás nos últimos seis meses foi feito pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). Os benefícios do vale-gás são recebidos bimestralmente, nos meses pares. Ou seja, os familiares não receberam em janeiro, esse será o primeiro socorro deste ano.

O orçamento do anterior governo voltou a limitar os vales-gás a 50% do preço médio de uma botija de gás de cozinha de 13kg a partir de 2023 (o valor foi excecionalmente elevado para 100% no segundo semestre de 2022 devido às eleições). Mas uma medida temporária emitida no início deste ano garantiu 100% de continuidade no pagamento.

Essa MP é a mesma que garante o Bolsa Família de R$ 600 e o pagamento de R$ 150 para cada criança menor de 6 anos da família participante do programa (nesse caso, os pagamentos adicionais serão feitos a partir de março).

O Bolsa Família é gerido pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome. Para receber o auxílio, as famílias devem estar cadastradas no Cadastro Único, estar em situação de pobreza – com renda per capita (por pessoa no domicílio) de até 210 reais – ou em extrema pobreza – com renda per capita de até 105 reais .

Quem tem direito ao subsídio de gás?

Para receber assistência de gás, você deve atender assim aos seguintes requisitos:

  • As famílias devem estar inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e ter assim renda per capita não superior a R$ 210, ou ser extremamente pobres com renda per capita não superior a R$ 105;
  • Terão direito ao auxílio os familiares com beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC), inscritos ou não no CadÚnico;
  • Os dados devem ter sido assim atualizados no CadÚnico nos últimos 2 anos;
  • Famílias com menor renda per capita terão direito ao benefício;
  • Famílias com grande número de pessoas também podem receber;
  • As famílias beneficiárias do Auxílio Brasil também podem ter assim direito ao Auxílio Gás;
  • As famílias que obtiverem assim registro elegível para gerente por meio do uso de dados analíticos (se disponíveis) poderão receber benefícios.
  • Será dada prioridade às famílias das mulheres vítimas de violência doméstica que estão a ser assim acompanhadas por medidas de proteção de emergência.

Calendário do Auxílio Gás – Fevereiro de 2023

  • Final NIS 1: 13 de fevereiro;
  • Final NIS 2: 14 de fevereiro;
  • Final NIS 3: 15 de fevereiro;
  • Final NIS 4: 16 de fevereiro;
  • Final NIS 5: 17 de fevereiro;
  • Final NIS 6: 22 de fevereiro;
  • Final NIS 7: 23 de fevereiro;
  • Final NIS 8: 24 de fevereiro;
  • Final NIS 9: 27 de fevereiro;
  • Final NIS 0: 28 de fevereiro.

Como consultar?

Para você saber se vai poder receber o Auxílio Gás, poderá fazer uma consulta pelos seguintes canais:

  • Aplicativo Auxílio Brasil;
  • Aplicativo Caixa Tem;
  • Ligação para a Caixa Econômica Federal: número 111;
  • Ligação para o Ministério da Cidadania: número 121. 

ultimas noticias