LIBERADA Consulta do PIS pelo CPF, Confira a Data do Seu Pagamento Agora

Os trabalhadores que exercem atividades formais em empresas privadas, tem direito a receber o benefício do Programa de Integração Social (PIS) .

Todos os meses a empresa empregadora, deposita uma contribuição no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que é vinculado ao Ministério do Trabalho, consequentemente responsável pelo repasse do abono salarial.

Consulta do PIS pelo CPF

Com o intuito de facilitar a verificação do benefício, a Caixa Econômica Federal ,disponibilizou a opção que permiti que os trabalhadores consultem o PIS por meio do CPF. Segundo a instituição, o beneficiário pode consultar o abono salarial através dos seguintes meios:

  • Portal GOV.BR;
  • Agências da Caixa Econômica Federal;
  • Central Alô Trabalhador, no telefone 158;
  • Telefone 0800 726 0207;
  • Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (disponível para Android e iOS);
  • Aplicativo Caixa Trabalhador (disponível para Android e iOS);
  • Aplicativo Caixa Tem (disponível para Android e iOS);
  • Site da Caixa Econômica Federal.

Tenho direito ao PIS?

Em primeiro lugar, deve ficar claro que o pagamento do PIS é gerenciado pela Caixa Econômica Federal. Logo, de acordo com as regras, para ter direito ao PIS é necessário:

  • Trabalhar com carteira assinada;
  • Receber até 2 salários mínimos por mês;
  • Ter trabalhado por pelo menos 30 dias no ano-base;
  • Também é preciso ter o número do PIS há pelo menos 5 anos;
  • Ter os dados atualizados pelo empregador, por meio da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

A Caixa efetua o pagamento do PIS, baseado no calendário base da instituição. Segundo informações oficiais, os trabalhadores que possuem conta poupança ou conta corrente na Caixa, com saldo disponível, podem receber os valores do abono diretamente nelas.

Qual o valor posso receber ?

Sobretudo o valor do PIS/Pasep pode variar entre R$ 101,00 e R$ 1.212, proporcional a quantidade de meses que o beneficiário trabalhou durante o ano-base.

Veja como calcular o valor do PIS

O valor do benefício pode chegar a até um salário mínimo (R$ 1.212 em 2022). Assim, o cálculo do pagamento acontece de acordo com os meses trabalhados no ano-base.

Portanto, o trabalhador que exerceu atividade formal durante o período de 12 meses, terá direito ao pagamento de um salário mínimo integral. Porém, se ele trabalhou apenas 6 meses, terá direito R$ 606. Confira abaixo a tabela deste ano.

Tabela PIS 

tabela do PIS 2022 define o valor do PIS 2022 de acordo com os meses trabalhados.

  • 1 mês trabalhado – R$ 101;
  • 2 meses trabalhados – R$ 202;
  • 3 meses trabalhados – R$ 303;
  • 4 meses trabalhados – R$ 404;
  • 5 meses trabalhados – R$ 505;
  • 6 meses trabalhados – R$ 606;
  • 7 meses trabalhados – R$ 707;
  • 8 meses trabalhados – R$ 808;
  • 9 meses trabalhados – R$ 909;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.010;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.111;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.212.

VEJA MAIS: