Cartão CNPJ: passo a passo para adquirir

Se você deseja emitir um cartão CNPJ, pode ser por dois motivos: ou você está criando uma empresa e está pensando como abrir um CNPJ desde o início e quer registrar sua empresa no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas, ou você Este documento será emitido para atestar o status da empresa existente – ela deve ser listada como uma empresa ativa para fins legais.

Mas você realmente sabe o que é CNPJ? O Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas é mantido pela Receita Federal como um código que identifica todas as empresas abertas no país – por isso esse número consta em todos os documentos empresariais, desde notas fiscais até pagamentos de impostos.

Para ser considerada uma empresa legítima, a empresa deve estar inscrita nesse registro – e, não apenas isso, deve ser formalmente comprovada como capaz de conduzir negócios. Muitas instituições com as quais a empresa mantém assim relacionamento, como bancos, agências de fomento ou grandes fornecedores, consideram a emissão do cartão do CNPJ um marco na segurança dessas transações.

O que é um cartão CNPJ?

O cartão CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) coleta dados sobre a situação do seu negócio. Portanto, é a prova da sua presença e da legalidade do seu negócio junto à Receita Federal.

Este cartão contém informações importantes sobre assim sua empresa, como número do CNPJ, data de abertura do negócio, razão social, razão social, endereço, e-mail, telefone e estado civil.

Para que serve?

Será utilizado em situações como abertura de conta corrente para pessoa jurídica, solicitação de empréstimo ou financiamento, registro de empresa no poder público, participação em licitação pública ou cadastro de fornecedor e parcelamento.

Como emitir?

Para emitir um CNPJ, uma empresa deve primeiro ser constituída. Portanto, a emissão do cartão CNPJ é, na verdade, uma formalização da empresa criada pela Receita Federal.

Portanto, os interessados ​​em abrir uma empresa e emitir um cartão CNPJ são orientados a procurar um contador após separar os documentos necessários. Ele é responsável por fornecer todas as orientações que um empreendedor precisa para abrir e regulamentar uma empresa, incluindo:

  • Selecione CNAE – Cadastro Nacional de Atividades Econômicas;
  • Escolha do sistema tributário (simples do país, lucro hipotético ou lucro real);
  • Selecione o tipo de empresa (EI, SLU, Sociedade Empresária, Sociedade Simples ou SA);
  • Após requerer o Estatuto Social, definir as características da empresa, registrar-se no Cartório e na Câmara de Comércio, é necessário registrar-se no CNPJ da Receita Federal.

Após a obtenção do CNPJ, o cartão pode ser emitido no site da Receita Federal e seguir os passos abaixo:

  • Visite o site da Receita Federal;
  • Acesse a página Emissão de Certificado de Matrícula e Situação de Matrícula;
  • Informe o número do CNPJ;
  • Na tela seguinte, você terá acesso ao seu cartão CNPJ. Para salvá-lo ou imprimi-lo, basta clicar em um dos botões abaixo do documento.

Qual a diferença entre certificado MEI e cartão CNPJ?

Esses dois documentos são fáceis de confundir, mas existem diferenças. De forma geral, a Certidão de Conduta do Microempreendedor Individual (ou CCMEI) é o documento que atesta que a empresa está aberta e funciona como alvará de funcionamento.

A principal diferença entre a certidão MEI e o cartão CNPJ MEI é que o primeiro possui os dados pessoais do microempreendedor individual, como nome completo, CPF e RG, além das informações do cartão CNPJ MEI. Na certidão do MEI, também é possível verificar o alvará temporário da empresa.

ultimas noticias