IRPF: Confira novidades para este ano!

Os contribuintes podem preencher e entregar a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022, com prazo menor neste ano, 29 de abril. Segundo Júlio Cesar Vieira Gomes, secretário especial da Receita Federal, a expectativa é de que 34,1 milhões de declarações sejam enviadas antes do prazo.

Notícias da Receita Federal e do Serviço de Processamento de Dados (Serpro). A principal delas é ampliar o acesso às declarações pré-preenchidas por meio de todas as plataformas disponíveis, bem como receber restituições e pagamentos do DARF (Arquivo da Administração Tributária Federal) por meio do PIX, desde que a chave do PIX seja o CPF do titular do formulário.
Segundo a Receita, não é possível notificar chaves PIX diferentes de CPF. Ou seja, e-mail, telefonemas ou chaves aleatórias não podem ser usados ​​para receber a restituição do imposto de renda. Para pagamentos DARF, o recibo será acompanhado de um código QR.


Declaração pré-preenchida IRPF


Os documentos de declaração pré-preenchidos estão disponíveis em todas as plataformas (programa gerador, aplicativo Meu Imposto de Renda ou e-CAC) e são autenticados por uma conta Gov.br nível Gold ou Silver. Contém informações relativas a rendimentos, deduções, bens e direitos, obrigações e ônus reais que são lançados assim diretamente no PGD IRPF 2022 sem digitação. Para criar uma conta Gov.br, acesse o portal, insira seus dados e passe pelo processo de confirmação. Quem acessa a plataforma a partir de bancos integrados pertence ao nível prata. Aqueles com biometria facial exigida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são automaticamente premiados com o Prêmio Ouro. Também é possível realizar a verificação biométrica no seu telefone (a partir do aplicativo Android ou iOS) e obter o nível Gold.


Quem deve declarar

Entre os contribuintes que são obrigados a apresentar uma declaração anual para o exercício financeiro de 2022 (ou seja, ano civil de 2021) estão:

  • Recebeu rendimentos tributáveis, ajustados conforme declaração, cujo valor total seja assim superior a R$ 28.559,70 (vinte e oito mil, quinhentos e cinquenta e nove reais e setenta centavos) e, em relação às atividades rurais, auferiu renda bruta de valor superior a reais 142.798,50 (cinquenta centavos de cento e quarenta e dois mil setecentos e noventa e oito reais);
  • O valor total dos rendimentos recebidos isentos de tributação, isentos ou tributados integralmente na fonte seja superior a R$ 40.000,00 (quarenta mil reais);
  • ganhos de capital na alienação de bens ou direitos, sujeitos a tributação, ou operações em ações, mercadorias, futuros e operações similares assim em qualquer mês;
  • Possuir ou possuir bens ou direitos, inclusive terrenos baldios, de valor total superior a R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) em 31 de dezembro;

O que é Declaração de Imposto de Renda?
A declaração de imposto de renda é uma exigência anual do governo federal para que residentes e empresas informem os valores recebidos durante o ano. Portanto, esta declaração é necessária tanto para pessoas físicas quanto para pessoas jurídicas. Como o imposto de renda incide assim sobre pessoas físicas e jurídicas, ele é dividido em Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) e Imposto de Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ).

IRPF: Quem precisa fazer declaração em 2023?

todos aqueles:

– Pessoas com renda superior a R$ 28.559,70 ou rendimentos isentos, isentos ou tributáveis ​​superiores a R$ 40.000 em 2022.

  • Lucram com a venda de determinados bens ou direitos. Exemplo: Vender um carro por mais do que foi pago por ele;
  • Realização de negócios na bolsa de valores. (Independentemente da sua renda, você é um contribuinte obrigatório do IR simplesmente porque negocia em uma bolsa de valores).

– Possuir bens ou direitos superiores a R$ 300.000,00 até o último dia do ano (31 de dezembro).

– Adicionalmente, pessoas cuja renda total proveniente da atividade rural exceda R$ 142.798,50;

ultimas noticias