Imposto De Renda: Como Declarar Previdência Privada

Já discutimos aqui a importância de declarar corretamente os investimentos em Imposto de Renda (IR). Mas você sabe como declarar uma previdência privada? Cada modelo tem diferentes regras fiscais e métodos de relatórios.

Inicialmente, a informação básica necessária para declarar corretamente uma previdência privada é identificar o tipo de plano que você possui. São duas possibilidades: PGBL (Plano Gerador de Benefício Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre).

Seja qual for o modelo que você escolher, uma coisa é certa: você vai precisar informar na declaração de imposto de renda. Para esclarecer essa dúvida, preparamos um passo a passo para facilitar o preenchimento deste documento. continue lendo!

A diferença entre PGBL e VGBL


Primeiro, você precisa entender que existem dois tipos de previdência privada: PGBL e VGBL. Basicamente, o que afeta a escolha de um tipo ou outro é a forma como os investidores declaram seu imposto de renda.

Por exemplo, o PGBL é para quem faz uma declaração completa e pode usufruir de benefícios fiscais. Quem possui PGBL pode deduzir da base de cálculo do IR contribuições de até 12% do lucro bruto bruto ao ano. Isso significa que a pessoa já pode pagar menos IR, fazer bom uso desse dinheiro e fazer o pré-pagamento com a Lion.

Como declarar aposentadoria privada no imposto de renda


O imposto de renda é uma obrigação anual para a maioria dos brasileiros. Ainda assim, há pessoas que têm ceticismo quanto a reportar aos Leões, especialmente aqueles com investimentos de longo prazo.

Nos regimes privados de pensões, as contribuições devem ser declaradas de formas diferentes consoante as características do regime. Geralmente, isso ocorre porque as contribuições para regimes do tipo VGBL não são dedutíveis da base de cálculo do IR, ao contrário das contribuições para regimes do tipo PGBL.

Conforme mencionado anteriormente, de acordo com a Receita Federal, as contribuições podem ser deduzidas do cálculo de até 12% do lucro tributável do contribuinte.

Então, se um investidor investir R$ 1.000 e receber R$ 1.200 no final do ano, o imposto será de R$ 200 – esse é o ganho em cima do capital investido.

Como declarar VGBL


Na declaração, o VGBL é considerado uma aplicação financeira. Portanto, é necessário informar sobre o resgate, bem como o saldo previsto. Para declarar VGBL no imposto de renda:

  • • Acesse a planilha “Bens e Direitos”, no grupo “99 – Outros Bens e Direitos”, e digite o código “06 – VGBL – Vida Geradora de Benefício Livre”.
  • • No campo Discriminação, informar o nome da entidade administradora do recurso e seu CNPJ.
  • • Em seguida, no campo ’31 de dezembro de 2022′, informe o saldo total investido no plano até aquela data. Faça o mesmo no campo “Circunstâncias em 31 de dezembro de 2021”. É sempre o saldo total – excluindo a lucratividade.

• Nos relatórios de renda, os contribuintes podem acessar esses valores.

ultimas noticiais